Entenda as taxas de juros

Home/Blog/Entenda as taxas de juros

Entenda as taxas de juros

Saiba a diferença entre juros simples e compostos.

Não são raros os casos em que o brasileiro usou um cartão de crédito, fez um empréstimo ou um financiamento e, por algum motivo, não conseguiu pagar uma parcela integralmente, e acabou contraindo uma dívida cada vez mais alta.

O acesso fácil e a falta de conhecimento sobre o funcionamento das taxas de juros levam muitas pessoas ao uso dessas modalidades e, consequentemente, ao endividamento.

A taxa de juros é a relação entre o valor emprestado e o valor a ser recebido pela pessoa a qual emprestou o dinheiro. Ao montante recebido, acrescenta-se um valor chamado juros.

Existem dois tipos de taxas de juros:

- juros simples: é quando os juros incidem sobre o valor inicialmente emprestado, ou seja, permanece uma constante.

- juros compostos: é quando os juros incidem sobre todo o saldo devedor, sendo atualizado a cada período, ou seja, ocorre uma acumulação e os valores aumentam progressivamente.

No Brasil e em outros países, à maioria dos empréstimos são aplicadas taxas de juros compostos.

Se você precisa fazer um empréstimo, preste atenção no quanto o banco vai lhe cobrar. Caso um banco cobre 6% e outro, 7%, não pense que a diferença de 1% é pouca, porque não é. Ao colocar na ponta do lápis, você perceberá que, no final do período, existe uma diferença bem grande.

As taxas de juros de instituições bancárias podem ser acompanhadas no site do Banco Central, assim é possível comparar quais as taxas mais altas e quais as mais baixas.

Além de prestar atenção às taxas de juros, você deve também verificar os custos embutidos em cada operação de empréstimo, pois, além das parcelas, alguns encargos podem ser cobrados.

Portanto, se você quiser obter um empréstimo, vale a pena pesquisar qual instituição bancária oferece as menores taxas e encargos.

Solicitar Cotação

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp